sexta-feira, 30 de julho de 2010

Sorria

Desejo que a vida te ensine coisas que antes te passavam despercebidas. Aprenda a soletrar alguns verbos no Infinitivo:

Amar, Sonhar, Sorrir.
Crer, Crescer, Esquecer

Esqueça as sensações que machucaram tua alma. Os momentos ruins enfrentados. Deixe que fiquem no passado. Supere estes momentos através da energia maravilhosa dos teus amigos e das pessoas que te querem bem.

Deseje profundamente a renovação diária, faça de cada instante vivido uma motivação que te impulsione para caminhos que te levem pra frente, e te deixem pleno, inteiro, completo por dentro.

Desfrute, como eu as coisas simples que amo fazer:
navegar com Neruda, Florbela, Drummond, Fernando Pessoa.
Escrever poesias.
Dialogar com pessoas que me amam, do exato jeito que eu sou.
Fazer minhas horas felizes nos fins de tarde.
Sentar no bar e jogar conversa fora com meus amigos.
Passear na praia.
Cinefilar de vez quando.
Ouvir música da boa.
Ficar feliz com a alegria de um filho especial, se você tiver um.
Ouvir as dúvidas da filha (o).
Dar um pouco de colo pro ser amado.
E além de tudo e principalmente, seguir o conselho do Chaplin:


Sorria

Sorria, embora seu coração esteja doendo
Sorria, mesmo que ele esteja partido
Quando há nuvens no céu
Você sobreviverá...

Se você apenas sorri
Com seu medo e tristeza
Sorria e talvez amanhã
Você descobrirá que a vida ainda vale a pena

Ilumine sua face com alegria
Esconda todo rastro de tristeza
Embora uma lágrima possa estar tão próxima
Este é o momento que você tem que continuar tentando
Sorria, pra que serve o choro?
Você descobrirá que a vida ainda vale a pena

Se você apenas Sorrir...

terça-feira, 27 de julho de 2010

Bom dia













Olá viajante de sonhos distantes
Seja bem vindo ao meu jardim
Venha brincar entre as flores beijadas pelo sol
o dia inteiro.
Aqui você pode imaginar
tudo que desejar
Desculpe a minha pressa
de andar à sua frente
E de não conseguir ouvir
O que você quer me dizer
Sou apenas uma aprendiz
Aprendendo a caminhar
Entre as sementes da poesia
Mas posso te alegrar com meus versos simples
se você estiver triste
Posso te dar minha mão, pra evitar sua queda
E se você cair, eu vou te levantar
Se você se perder, basta apenas pensar em mim
que virei ao seu encontro
Mesmo que a noite chegue
Mesmo que a chuva esconda tuas lágrimas
Mesmo que as sombras te assustem
Ou o medo te faça recuar diante da realidade
Sempre estarei aqui, a te acolher nos meus braços
Afagar-te bem devagar
E te fazer sorrir sempre

quinta-feira, 22 de julho de 2010

O Amor




Vejo a expressão do amor

Em nosso intimo
Na brisa da tarde
No colorido cintilante do arco-íris no céu
Na doce canção do mar
Na solidão da lua, que espera ansiosa o eclipse pra se deitar com o sol.
Em cada folha que cai da árvore
Em cada obra de arte, em cada sorriso e lágrima
Em cada tristeza e mágoa, em cada instante perdido.
O amor se faz presente em meu olhar, que observa
As gotas de chuva que caem na janela
E refletem as gotas a sair dos meus olhos.
Amor que existe no riso das crianças.
Nas mãos entrelaçadas dos apaixonados
Na sintonia dos corpos dos amantes
Na força dos teus olhos em mim
O Amor é o tato, o abraço
O nosso suor e cansaço
O amor é a chama que nunca tem fim

terça-feira, 20 de julho de 2010

Dia do Amigo














Hoje é o Dia do Amigo.

Os meus amigos são pessoas muito especiais. Estão sempre dispostos a me darem uma palavra de carinho, um conselho, para contar piadas e me fazer sorrir. E também para um diálogo sincero, onde compartilhamos tristezas e alegrias.
Os amigos são realmente, anjos disfarçados de gente.
Que vieram a Terra pra nos completarem por dentro e por fora.

Recado aos Amigos Distantes

Meus companheiros amados,
não vos espero nem chamo:
porque vou para outros lados.
Mas é certo que vos amo.

Nem sempre os que estão mais perto
fazem melhor companhia.
Mesmo com sol encoberto,
todos sabem quando é dia.

Pelo vosso campo imenso,
vou cortando meus atalhos.
Por vosso amor é que penso
e me dou tantos trabalhos.

Não condeneis, por enquanto,
minha rebelde maneira.
Para libertar-me tanto,
fico vossa prisioneira.

Por mais que longe pareça,
ides na minha lembrança,
ides na minha cabeça,
valeis a minha Esperança.

Cecília Meireles

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Recado de Deus


Sempre que posso, gosto de reler meus livros antigos de poesias e romances. Eles me inspiram nas coisas que escrevo aqui no blog. E tenho por regra postar só mensagens alegres, que possam dar ânimo às pessoas que visitam, lêem e seguem meu Jardim dos Girassóis. Gosto de imaginar que fiz alguém sentir-se bem interiormente com minhas palavras.
Hoje a mensagem escolhida, remete a um recado Especial, que Deus nos sussurrou ao ouvido no momento de nossa chegada ao mundo. Um recado que a gente esqueceu, ao longo de nossa existência. Mas nunca é tarde para relembrá-lo.

“Deixa-me partilhar contigo, mais uma vez, o segredo que ouviste ao nascer, e esqueceste. Você é o meu Maior Milagre. O Maior Milagre do Mundo. Foram essas as primeiras palavras que você ouviu de mim. Depois você chorou. Todos choram. Sente minha mão. Ouve minhas palavras. Dei-te muitos poderes. Entre eles:

O poder de pensar
O poder de amar
O poder de querer
O poder de rir
O poder de imaginar
O poder de planejar
O poder de falar
O poder de orar

E tambem dei-te o poder de Escolher:

Escolher o amor, não o ódio
Escolher lutar, não desistir
Escolher sorrir, não chorar
Escolher curar, não ferir
Escolher crescer, não estagnar
Escolher viver, não morrer.

Usa sabiamente teu poder de escolha. E realiza todas as coisas que te cabe com AMOR.

AMOR por ti próprio.
AMOR por todos os outros.
AMOR por mim.”


(Trechos do livro O Maior Milagre do Mundo, de Og Mandino.)

quarta-feira, 7 de julho de 2010

“Quando alguém lhe provocar irritações, pegue um copo de água, beba um pouco e conserve o resto na boca. Não a jogue fora, nem a engula. Enquanto durar a tentação de responder, deixe a água banhando a língua. Esta é a água da Paz”. Chico Xavier.














Quando estamos com raiva:

Magoamos quem amamos.
Somos dominados por sentimentos ruins.
Perdemos a calma.
Ficamos tristes.
Choramos.
Isolamos-nos do mundo.
Gastamos nossa energia vital.
Desanimamos.
Sofremos.
Vivemos estressados.
Desejamos vinganças.
Perdemos a Fé nas pessoas.
Desistimos dos bons momentos.

E então perdemos a oportunidade:
De dialogar.
De escutar.
De entender.
De aceitar.
De perdoar.
E de pedir perdão
Às pessoas que magoamos.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

O Jardim que existe em nós



Joga em teus caminhos
As melhores sementes
Nunca espinhos
Planta na alma serenidade
Não ansiedade
Cultiva esperança em lugar do medo
Arranca a erva daninha da raiva, do rancor
E das mágoas trancadas
Que impedem teu florescimento
Sempre deves escolher
Boas sementes para plantar:
Paz, harmonia,
Doação e solidariedade
Amor e dedicação
Rega bastante teu solo
Com gotas de amizade,
Generosidade e compreensão
Deixa também a luz do sol
Iluminar os espaços escuros
Do teu jardim
Tem paciência
Com o tempo de crescimento
De cada flor que você plantou
Algumas germinam rápido,
Outras, porém, precisarão
De maiores cuidados
São as flores especiais
E as flores machucadas
Enviadas para nós cuidarmos.
Somos pequenos jardins
Dentro de um outro, chamado Terra
Que também pertence a
Outro jardim imenso
O Universo
Todos criados por Deus
O maior jardineiro do céu
E como
Somos feitos à sua imagem e semelhança
Temos como missão maior
Nunca deixar morrer
O jardim que recebemos
Para ser cultivado com amor
Cada semente plantada e germinada
Será a nossa herança
Para aqueles vindos
Depois e depois de nós

sábado, 3 de julho de 2010

METADE DE MIM


Por Sil Villas-Boas

Metade de mim é silêncio
A outra metade, palavras
Uma guarda sentimentos
A outra, cicatrizes
Transformadas em raízes
Que amargaram os bons momentos



Metade de mim sorri
A outra metade emudece
Uma esconde segredos
A outra, lembrança feitas
De imagens tão perfeitas
Que quase toco nos dedos

Metade de mim
É fantasia
Realidade
Alegria
Tristeza
É a agonia de uma
Saudade
Metade de mim
São os desejos sentidos
E (quase) nunca arrependidos

John Lennon - Stand by me




Meu presente para os amigos curtirem neste fim de semana.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Poesia - Ser Feliz


Vejo diariamente pela TV e internet, o drama das vítimas nas cidades em Pernambuco e Alagoas. As enchentes provocaram perdas irreparáveis para estas pessoas. De bens materiais a membros da família. Elas só não perderam a força de vontade e o espirito guerreiro de recomeçar, de reconstruir sua vidas novamente.
Também, na vida, passamos por momentos de perdas. Algumas grandes e doloridas, outras nem tao doídas assim. Mas Deus, em sua sabedoria, deu ao homem a capacidade de escolhas. Escolher sorrir em vez de chorar. Escolher crescer e não estagnar. Escolher ser feliz e não triste. Cada vez mais tenho escolhido ser feliz.



Ser Feliz é

Acordar com um beijo
Saudar um dia ensolarado
Brincar na chuva
Alegrar-se com sorrisos dados e recebidos
Sentir o abraço quente e carinhoso dos filhos
E as caricias leves do amado
É desenhar o sol na sua vida
Para clarear seus espaços

É ter a alma de uma criança
Que pede emprestado as cores do arco-íris
Para se autocolorir.
É olhar longamente
A pintura de um céu estrelado
Ou a lua, a iluminar o quintal
É descobrir nossos dons
Escondidos na mente
E revelar ao mundo
Nossa essência

É agradecer as pessoas
Que te ensinaram a gostar
Dos versos do Neruda
Ao sabor suave de um bom vinho
É nunca deixar tua alma
Ficar azul de tristeza
E sim multicor
Igual ao teu coração

Ser feliz
É cantar e dançar
É apreciar as conversas com amigos
Ouvir, sem interromper suas aflições
E tambem dar conselhos
É pensar no “nós”, em vez do “eu”
É estar em harmonia com as pessoas
Com o universo
E com Deus