segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Recomece

Observe a natureza.
Tudo nela é recomeço.
No lugar da poda surgem os brotos novos.
Com a água, a planta viceja novamente (renasce).
Nada pára.
A própria terra se veste diferentemente todas as manhãs.
Isso acontece também conosco.
A ferida cicatriza.
As dores desaparecem.
A doença é vencida pela saúde.
A calma vem após o nervosismo.
O descanso restitui as forças.
Recomece.
Anime-se.
Se preciso, faça tudo novamente.
Assim é a VIDA

Colaboração - Eliane França

2 comentários:

Silvana Villas-Boas disse...

Lilly.

Adorei teu poema. Sempre as suas palavras me encantam. Obrigada pela tua amizade. Adoro vc.
Bjussss
Sil

pamella frança disse...

Este poema ficou muito bom.Mãe vc escreve muito bem .