segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Um Pequeno Romance

Por Sil Villas-Boas

Vestido vermelho
Perfume no corpo
Cada vez mais bela
A espera do amado

E ele chega alegre
Delicadamente a toca
Delicadamente a beija
E baila pra ela
Ao som de uma música
Que paira no ar

Sempre serei tua
Sempre serás meu?
Serei para sempre teu
  
E neste doce momento
Mesmo breve
Nada pode ser mais bonito
Que o ato de amor
De uma rosa
E um beija-flor


8 comentários:

Tatiana Kielberman disse...

Querida Sil,

Que lindo romance em forma de poema!! Tanta doçura, sensibilidade e emoção unidos nesses versos!

Só você mesmo para conseguir isso, AMEI!!

Que a rosa e o beija-flor ganhem sempre uma nova chance de se reencontrarem pela vida, promovendo o amor!

Beijos, com carinho!

RosaMaria disse...

Olá minha querida poetisa!

Não quero saber aonde vou, só sei que quero ir.

Pra deixar saudades, pra viver atrocidades e calmarias.

Porque eu sou o mundo.

E o mundo é bem maior do que eu pensava ser um dia

Beijão gigante pra vc!

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

vermelhos perfume sempre foram coisa delicadas

Suzana Martins disse...

Vermelhos, paixões, vontades que o vento abraça em todos os momentos...

Beijos

Max Psycho disse...

Uia que poeteira, parabéns Sil, bju grande

Max Psycho disse...

Grato pela visita baby

T@ty disse...

Oi Amigaaaaaaaaa


Faz tempo que não passo por aqui, né?!

E quando volto me deparo com essa delícia de texto.

Me pergunto: Que mais eu perdi???

Um pequeno romance??? Que nada!!!

Uma Delícia de Romance!!!

Adorei!!!!

Mais... Mais... Mais...

Beijos

T@ty disse...

Oi Amigaaaaaaaaa


Faz tempo que não passo por aqui, né?!

E quando volto me deparo com essa delícia de texto.

Me pergunto: Que mais eu perdi???

Um pequeno romance??? Que nada!!!

Uma Delícia de Romance!!!

Adorei!!!!

Mais... Mais... Mais...

Beijos