terça-feira, 29 de março de 2011

SOLIDÃO

Por Paulo Diesel



Silencio...

E o sol penetra na fresta da janela.
Porta serrada. Jaula
Clausura.
Julgado e condenado
sem ser réu.
Masoquista.
O homem só não vive.
Diálogos silenciosos ressuscitam o povo que reformula questões.
Ordem erradas, momentos certos.


Gritos!!!
no primeiro degrau da escada.
Queda vertiginosa
encontram o precipício.
Labirintos sem saída.


Silencio!!!!

9 comentários:

Jão disse...

Acredito que a solidão, assim como a felicidade, são estados imaginários. Ninguem é feliz ao extremo e nem só ao extremo. Isso depende muito do estado de expirito.


Beijos querida!

Sil Villas-Boas disse...

Bom dia Paulo.

Belo poema. Intenso. Vivo. Profundo. E a vista da foto é de tirar o fôlego. Parabéns pela escolha do tema.
Bjusss
Sil

Guará Matos disse...

Devoro minha solidão com um bom bate papo, uma cerveja gelada e um charuto.

Abraços.

Sam disse...

minha solidão é um cravar no peito
as lidas, as idas e vindas, todos os jeitos
de se esvair do mundo
de matar qualquer indício de flor
diante dos meus olhos.
Minha solidão é navergar sozinho
um acalentar sem rio
molhando os pés nas águas de mar
que dos meus olhos brotam...

Que belo Querido... e também triste.

Meu beijo!

João Ludugero disse...

A solidão pode parecer mesmo um cofre, um sepulcro onde a alma guarda o próprio corpo, que jaz até no meio de uma multidão.
Mas dela se pode extrair segredos
capazes de catapultar estrelas do chão, não para a cadência do abismo, mas para o alto num salto preciso, eficaz, essencial para que não se cortem os pulsos num pacto silencioso do ser-consigo.
Adorei seu poema. Sensacional! E a imagem fechou com magistral beleza o seu crivo poético acerca da solidão. Gostei mesmo!!!!
Abraços. João Ludugero.

Sissym disse...

Olá Paulo,

Eu já escrevi algumas vezes sobre estar só, sozinho e solidão. A solidão não é uma boa companheira, mas as vezes, estar sozinho é bom e necessario.

A Viajante disse...

Na verdade a solidão é questão de conciência, se pararmos pra pensar, você nunca estar só, quando vc fica sozinho, vc nao está sozinho está com vc mesmo, afinal nós somos feitos de várias partes que juntos formamos um Todo, um ser, então a solidão em si nao existe...

Você nunca estará só! Mas pode se sentir só, coisa que sinto as vezes rsrs, sentimento as vezes bom, as vezes ruim, tudo depende do foco que vc olha!!

ótimo post! Parabéns pelo poema Paulo, eu gostei muito!

Beijos!

Aleatoriamente disse...

Tudo vem com pacotes eu acho.
Mas cada um de nós, escolhe abarcar da maneira que sabe.
Amei o texto Paulo, muito reflexivo.

Beijo amigo.
Fernanda

Tatiana Kielberman disse...

Paulo querido,

Adoro sempre suas reflexões, você sabe, né? Fica até chato repetir isso toda vez!

Mas é que suas palavras me tocam incansavelmente... é como se pudesse me ver em cada uma delas.

Dom de escritor MESMO!

Aprecio a solidão e busco momentos com minha própria alma, todos os dias... Nem sempre consigo - e às vezes se torna angustiante, mas ao final vale a pena!

Pergunta... será que conseguimos estar, em algum momento, completamente sozinhos?

Continuemos a refletir!

Beijos!! Parabéns!