quinta-feira, 4 de outubro de 2012

A DIVERSIDADE DO AMOR, por João Maria Ludugero

Há Amor e amores... 
Há liberdade na vida
para variar, 
para escolher, 
para se perder no beijo
ou se achar no encaixe
ou para ser escolhido:
há quem engula sapos,
ao passo em que, sapecas,
outros se prendem 
no salto a coaxar
ao se grudarem 
no vai-e-vem típico
do amor-perereca!

Nenhum comentário: