domingo, 24 de novembro de 2013

BIOGRAFIA, João Maria Ludugero

BIOGRAFIA,
João Maria Ludugero


Assim é a minha biografia: 
Eu sou nascente do olhar poeta, aprendiz
Navegante na peleja dos rios da vida a alvorecer, 
Sou pássaro imerso nas águas deste cotidiano, atento.
Tenho amigos, muitos amigos, depois de tantas luas,
Amigos que já se foram para o andar de cima,
Amigos que partiram, amigos que chegaram com o sol,
Outros que quebraram o semblante contra o tempo, 
Outros que geraram gerânios nos canteiros do jardim; 
Eu sou João Maria Ludugero, menino medonho;
João maduro que odeia o que acha fácil, 
Que não gosta do que se obtém sem dificuldade, 
Pois João Ludugero gosta das funduras, dentro e alto 
(e sabe que o mar aonde o rio desemboca é feito de abismos abissais); 
Ludugero procura-se achar contente, na meada do fio

E sobrevoa adiante na luz do vento sobre no mar!

Nenhum comentário: