quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

BALADA PARA MEU FILHO IGOR GABRIEL, por João Maria Ludugero

igor 2013
BALADA PARA MEU FILHO IGOR GABRIEL,
por João Maria Ludugero.

Menino Igor Gabriel, meu anjo, como cresceste?
Parece que tu alastrasses no meio do caminho
A correr dentro e alto, sem medo da cuca,
Ao lembrar de como eras tão pequenino, tão criança 
E hoje, quando olho para ti, sinto imensa alegria no coração,
Por teres se tornado agora num adolescente maior que eu,
E sei que logo logo vais seguir a lida
A tingir teu caminho, teus avanços pela vida.
Gostaria de lembrá-lo para que nunca te esqueças
De tudo o que tentei te ensinar, dia-após-dia,
Para que esta vida, que vais seguir a contento,
Seja de muitas flores, apesar dos espinhos,
Que sejam de vastas alegrias, venturas e
Bastante Amor.

Nenhum comentário: