quarta-feira, 17 de julho de 2013

ACHADO, por João Maria Ludugero


Aprendi com um importante achado:
Felicidade é a combinação 
De sorte com escolhas bem feitas. 
A partir daí a gente se encaixa de vez, 
Dentro e alto, sem esquecer das tintas 
Nem dos pincéis que nos destinam 
Ao essencial encontro das graças, 
Até mesmo sob as dádivas 
De se esbugalhar aos solavancos, 
Sem medo de ser feliz, 
Aos trancos e barrancos!



EU DO VAZIO CHEIO, por João Maria Ludugero

Sobretudo
Quando tudo sobra 
Na estripulia
Que verte e surpreende
Feito balão colorido
Que esvoaça,
Mas se não abrigasse 
Um vazio cheio
Não subiria tão dentro 
E alto aos céus
Para fazer esbugalhar 
A contento
Meus olhos arteiros 
De menino medonho.