domingo, 28 de setembro de 2014

SÉRIE: VÁRZEA DA CULTURA: HISTÓRICO BAÚ DA MEMÓRIA, por João Maria Ludugero

 
 
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SÉRIE: VÁRZEA DA CULTURA: 
HISTÓRICO BAÚ DA MEMÓRIA,

por João Maria Ludugero


Eu vim da Várzea das Acácias,
Seara do Vapor de Zuquinha.
Vim de uma terra potiguar,
Lar singelo à beira do rio Joca,
No agreste verde do Rio Grande do Norte.



Feliz menino levado da breca,
Vim das conversas de roda,
Do jirau de dona Carmozina repleto de soldas,
Raivas, sequilhos, Puxa-puxas, grudes-de-coco,
Quebra-queixos, beijus, tapiocas, castanhas-de-caju,
Cuscuz de milho-zarolho, brotes de goma,
E bem bolados flandres de bolo-preto
Da inesquecível dona Zidora Paulino
E ainda de Marinam de Ivan de Lica...



Várzea das paçocas de carne-de-sol na cebola roxa, torresmos,
Queijos-de-coalho e farofas na manteiga-de-garrafa...
Torrão dos jogos de bola na Vargem,
Do tempo do era uma vez da carochinha,
Do João Redondo de Seu Pedro Calixto,
Das quadrilhas de Seu Geraldo Bita Mulato,
Do boi-de-reis de Mateus Joca Chico

E do pastoril de Seu Joaquim Rosendo.

Nenhum comentário: