domingo, 14 de setembro de 2014

VÁRZEA-RN: SEARA DO BEM-TE-VIZINHO, por João Maria Ludugero

 
 
 
 
 
 
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
VÁRZEA-RN: SEARA DO BEM-TE-VIZINHO,
por João Maria Ludugero

Lá na Várzea das Acácias,

os dois pelos ariscos bem se avizinham:
o bem-te-vi estima o menino medonho
e o menino João maduro estima com afinco
o modesto e maravilhoso bem-te-vizinho.

Que delicada aliança em tela tão natural

dos seres do chão-de-dentro:
um risonho menino levado da breca,
um astuto e bem-amado passarinho.

Deus percebeu a lembrança

e sorriu lá no firmamento:
Ele gosta do ávido menino,
que tão bem trata o bem-te-vizinho.

Por isso, na tarde amena,

os dois contentes lá se vão:
o levado menino Ludugero
e o bonito e alado cantigueiro
da seara do agreste verde,
a me ninar no mais fantástico canto
pelo interior da Várzea das Acácias!

Nenhum comentário: