quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Por Ser Feliz

Por Sil Villas-Boas

Por Ser Feliz
Pude reencontrar meus caminhos
Reviver antigas sensações que me levitaram
Rememorar palavras que me foram presenteadas
Pude trazer de volta o infinito de um olhar perdido

Descubro as coisas que me pacificam a alma
Poetizo a vida em frases escritas e sentidas
Ando em versos de amor e de fantasia
Passeio em praias descalça
Desfruto a tarde inteira no cinema
Interajo com amigos distantes

Busco minhas verdades
Minha satisfação é primordial
Diminuo meus obstáculos
Apenas com o poder do meu sorriso

Escrevo o que sinto.
Ou pelo menos tento.
Expresso emoções, desejos, vontades e alegrias.
Descrevo sentimentos que me levam aos céus, 
E, às vezes, ao inferno.
Transcrevo sonhos
Sorrisos, lágrimas
Dores e tristezas
Melancolia e incertezas

Decifro a janela da alma.
Os olhares alheios
Recito palavras ásperas
Ditas ou recebidas
Narro os pensamentos das ruas desertas ou com multidões
E a liberdade dos ventos.

Mas tudo se transforma em mim
Quando descrevo o Amor.
Posso sentir o Amor como a energia mais pura que existe.
Energia que existe em nós e no mundo. 

Por Ser feliz
Apenas amo.