quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Poema da Rosa


Por Sil Villas-Boas


E da Rosa nascem versos perfumados.
Puros e expressados sob a forma do Sentir Amor. 
E a Rosa ama, verseja nos seus instantes mais altos.
E do sorriso da Rosa nascem letras, 
que se transformaram em versos, 
que escorrem para as linhas do papel. 
E a moça Rosa se tornou toda feliz. 
Com seus versos perfeitos.

Inspirado no Post "Feito Poesia" por Rosamaria Roma.