quarta-feira, 16 de março de 2011

Passado - A Viajante

Uma música toca no rádio
Faz lembrar um passado presente
Que intriga, questiona e insiste
Viver preso a mente

Um passado não vivido
Com saudade de amar
Que quer ser lembrado
Através de um sentido
O Simples fato de olhar


A música emociona
Toca lá no fundo obscuro
Despertando um vazio inseguro
Que agora já faz planos
Uma vontade enorme
Do passado virar futuro

Espero que o coração aguente
Não viver mais assim, displicente
Pois o passado concretizou
Virou presente...

Agradeço novamente pela oportunidade, espero que gostem.
Beijos!

7 comentários:

Sil Villas-Boas disse...

Jocasta

Parabéns pelo belo poema versejado aqui no nosso Jardim. Lindo demais.

Bjusss
Sil

Sandra Cajado disse...

Cada dia que passa esse belo jardim está regado e cuidado com lindas palavras exalando aromas poéticos.

Adorei!

Ah...saudade que me invade sempre que aquela música toca na rádio!

Parabéns ,Jocasta.

Beijos.

Tatiana Kielberman disse...

Olá Jocasta,

Muito lindo o seu poema!!!

Parabéns!

Olhar para o passado é inevitável, mas que sempre possa haver uma brecha para nos focarmos no presente!

Beijo carinhoso!

paulo disse...

Tudo vem do passado e tudo vai para lá.

Gostei do poema

RosaMaria disse...

A música toda nossa alma?
Ou nossa alma toca com a música?

Eis a questão...

Sei que algumas músicas, por mais tempo que passe, elas sempre causam dor...

Beijos meus

Kiro Menezes disse...

Viajante, querida, lindo teu poema...

Roubei-o!!!

^_^•


http://diariodakiro.blogspot.com/2011/03/passado-por-viajante-jardim-dos.html


Mal costume mesmo... =P

A Viajante disse...

Agradeço a todos pelo carinho!!
rsrs eu sou movida a musica e quase sempre tendo escrever sobre elas!!

beijão a todos!