terça-feira, 1 de março de 2011

Coisas do Amor

Por Sil Villas-Boas
Nunca vou entender por que um coração escolhe o outro...

São coisas do Amor que não se explicam logicamente. 
Cada vez que te vejo, percebo em mim o perfume delicioso do amor em meu corpo. E tudo ao meu redor se transforma. Minha atmosfera fica impregnada de amor. Meus atos, meus livros.Minha cama, minha chama. Tudo em mim chama o amor. 


As horas em que nos refletimos um no outro denomino amor.
Amor intenso-suave. 
Amor febril-suado. 
Amor de feras e de almas.
Amor que vai da margem do rio e chega até o mar. 
Desaguando novas sensações de plenitude em você e em mim.