domingo, 14 de dezembro de 2014

VARZEANIDADE INTERIOR, por João Maria Ludugero

  
 
 
 
 
 
 
VARZEANIDADE INTERIOR,
por João Maria Ludugero

Peço ao Supremo Arquiteto do Universo
para ter olhos que varzeamem melhor,
um coração que perdoa os cinzas,
uma mente que redime as sombras obscuras
e uma alma que nunca perde a flor da Fé,
a correr dentro da cabeça ao coração
a se achegar à seara de São Pedro Apóstolo!

POÉTICA LUDUGERABILIDADE, por João Maria Ludugero


 
 
 
 
 
 
POÉTICA LUDUGERABILIDADE,
por João Maria Ludugero

O bom humor espalha mais felicidade
do que todas as riquezas do mundo
a correr dentro e alto,
desde o interior da Várzea
das Acácias dos Caicos.
Vem do hábito
de VARZEAMAR
e espiar para as coisas
com astutos olhares
de renovadas esperanças
e de manjar o melhor
e não o pior para ser feliz.
Mas, se preciso for,
sou mesmo ainda menino
levado da breca
e chego a assanhar
até mesmo os pelos da venta!