segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A Volta



Amanheceu. 
É hora de voltar pra casa
Vou agora. Aproveito os raios do sol pra me aquecer
Saio antes que a tristeza desperte-me a vontade de ficar
Caminho sem olhar para trás. 
O que ficou? Vestígios de sensações vazias e sem cor

Hora de voltar pra casa.
E ao chegar, reacender as luzes de cada canto
Abrir as janelas para a escuridão ir embora
Lá fora, um jardim precisa reflorescer
Para que o colorido das flores alegre meus olhos           

Hora de voltar pra casa
E trazer de volta a energia da vida
Do amor
Da harmonia e paz
Para dentro dela.