segunda-feira, 31 de maio de 2010

Para Tati Monteiro


*** Solidão.

É um dos momentos mais que difíceis para ser descrito. Quando eu me encontro num contexto assim, fico meio triste e pensativa. Mas uma boa saída pro cinema, ou bater perna em livrarias, resolvem este meu estado de espírito. Pressinto que na sexta feira desta semana (04), meu momento de solidão vai chegar de mansinho. E me fará lembrar os 60 dias da ausência de uma maravilhosa e especial pessoa para mim.

*** Doces lembranças.

Que guardo até hoje da minha saudosa amiga Tatiana Monteiro. Menina incrível, mulher inteligente e um ser humano que conhecia como nenhum outro, o significado da palavra AMIZADE. Esta nossa amizade durou apenas dois meses, tempo mais que suficiente para incutir em mim a vontade de escrever, algo que ela fazia incrivelmente bem. Prova disso são as poesias dela no Prosa em Verso, espaço que ela idealizou na Internet.
Se passei dois meses de alegria junto com a Tati e a nossa turma de amigas, também irei passar dois meses, completados na sexta, me sentindo um pouco mais triste com a ausência dela.
Mas tudo só dura o tempo programado para que as coisas do universo nos aconteçam. Poucos dias foram destinados para eu conhecer e conviver com a Tati, infelizmente. Sabiamente, pude aproveitar todos os instantes que a gente dialogou e se divertiu pra caramba no TT. Tati me ofereceu muitas coisas boas, inclusive a amizade com outras pessoas geniais como ela, feito a Sandra Cajado. A dor da saudade é muita. Mas procuro amenizar esta dor expressando sentimentos e opiniões no meu blog. Blog que batizei com o nome da flor que ela mais gostava. Girassol.

domingo, 30 de maio de 2010

Poesia pra começar bem o dia - Vinicius de Moraes


A Maior solidão

A maior solidão é a do ser que não ama.

A maior solidão é a dor do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa
a participar da vida humana.

A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo,

o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro.

O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se,

o ser casto da mulher, do amigo, do povo, do mundo.

Esse queima como uma lâmpada triste, cujo reflexo entristece também tudo em torno.

Ele é a angústia do mundo que o reflete.

Ele é o que se recusa às verdadeiras fontes de emoção,

as que são o patrimônio de todos, e, encerrado em seu duro privilégio,

semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre.

Vinícius de Moraes

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Sementes de Amizade

Dias desses fui à praia, após um tempão sem aproveitar um dia de sol de frente pro mar, relaxando numa cadeira e tomando minha cervejinha. Enquanto meu marido curtia a água, fiquei brincando com a areia, remexendo e fazendo buracos, feito criança. Nestes movimentos de arrastar e segurar, consegui reter uns grãos de areia, enquanto os outros caíam aos poucos de minhas mãos. Assim são as pessoas que encontramos na vida. Algumas conseguimos guardá-las em nossas mãos, corações e mentes. Outras, infelizmente, vão embora. Talvez por não existir uma sintonia recíproca, talvez por não se entenderem nos seus pontos de vista e opiniões, ou outros motivos existentes.

Algumas pessoas que conheci, se tornaram maravilhosos amigos e amigas para mim. Outras, como os grãos de areia caídos, acabaram indo embora, e nunca mais pude ver ou conversar com elas de novo. Mas nosso pouco tempo de convivência foi algo maravilhoso e enriquecedor. Aprendi muito com elas.

Queria muito poder rever e reatar as amizades que perdi. Sei que elas vieram para mim por algum motivo especial, e que nunca vou descobrir qual é. Uma coisa que pude perceber é que estas amizades que entraram e saíram de minha vida, nunca foram totalmente embora. Elas deixaram um pouco das sementes delas plantadas em meu coração. Sementes doces e amargas. Mas que nunca serão jogadas fora. Pois até mesmo as amargas, transformei-as em preciosos ensinamentos pra mim.

sábado, 22 de maio de 2010

Eu sou o poeta do Corpo

Eu sou o poeta do Corpo e sou o poeta da alma, as delícias do céu estão em mim e os horrores do inferno estão em mim - o primeiro eu enxerto e amplio ao meu redor, o segundo eu traduzo em nova língua. Eu sou o poeta da mulher tanto quanto o do homem. E digo que tanta grandeza existe no ser mulher quanta no ser homem, e digo que não há nada maior do que uma mãe de homens. Canto o cântico da expansão e orgulho: já temos tido o bastante em esquivanças e súplicas, eu mostro que tamanho
nada mais é do que desenvolvimento. Você já passou os outros, já chegou a residente?
É pouco: até aí hão de chegar e irão ainda mais longe. Eu sou aquele que vai com a noite tenra e crescente, e invoco a terra e o mar que a noite leva pela metade.
Aperte mais, noite de peito nu! Mais, noite nutriz magnética! Noite dos ventos do sul, noite das poucas estrelas grandes! Noite silenciosa que me acena - alucinada noite nua de verão! Sorria, ó terra cheia de volúpia, de hálito frio! Terra das árvores líquidas e dormentes! Terra em que o sol se põe longe, terra dos montes cobertos de névoa! Terra do vítreo gotejar da lua cheia apenas tinta de azul! Terra do brilho e sombrio encontro nas enchentes do rio! Terra do cinza límpido das nuvens, por meu gosto mais claras e brilhantes! Terra que faz a curva bem distante, rica terra de macieiras em flor! Sorria: o seu amante vem chegando! Pródiga, amor você tem dado a mim: o que eu dou a você, por tanto, é amor. Indizível e apaixonado amor!

- Canto a mim mesmo.

Walt Whitman

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Aniversário do Patrick Peixe


Em homenagem ao aniversário do meu amigo Patrick Peixe.

Hoje eu olhei para o calendário e vi que se trata de um dia muito especial, é o dia do seu aniversário, e eu então chorei, chorei e não pude deixar de SORRIR também, sei que você esta feliz, apesar de estar ficando mais velho, mas não pude conter minhas lágrimas, ao ver que estamos separados por uma coisa chamada "distância"...

E essa distância me faz sonhar e acreditar que um dia seja ele qual for eu poderei estar ai ao seu lado e te abraçar, abraçar muito e poder te dizer "Feliz Aniversário" meu amor, poder te dizer o quanto eu me sinto honrada em fazer parte da sua vida. Quero que saibas, eu em minhas orações sempre falo de você, e peço a Deus que dê a você muita saúde e forças pra superar os obstáculos que o destino coloca em nosso caminho.

Desejo que esse dia seja como todos os outros em sua vida, cheio de alegrias, cheio de Vida!. Quero que ao receber essa mensagem, olhe para o céu e busque no sol o brilho do meu olhar, busque nas estrelas o brilho dos meu sorriso, e sinta a brisa como se fosse um abraço meu, busque a cada amanhecer a vontade de viver, mas nunca, nunca deixe de pensar em mim.

E saiba que hoje minha alma esta em festa, e mesmo estando longe irá brindar com você a sua saúde, a sua felicidade, numa taça abençoada por Deus, e peço a ele que permita que um dia nós dois brindemos, corpo a corpo, olho no olho e que você possa não só me sentir, mas ouvir eu te dizer

Feliz Aniversário, Meu Amor!

Te amo
Sua Cacau (Kriclau)
Texto de Claudia Cristine.
PS. Amodoro este casal de amigos, plantados aqui no meu Jardim dos Girassois.

A Lenda da Fênix

A fênix ou fénix é um pássaro da mitologia grega que, quando morria, entrava em auto-combustão e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas, podendo se transformar em uma ave de fogo. Teria penas brilhantes, douradas e vermelho-arroxeadas, do mesmo tamanho ou maior do que uma águia
Às vezes é bom ser como a Fênix. Queimar os contextos negativos que a vida nos traz, e depois renascer, revigorada e com coragem. Quando enfrento determinados problemas, contratempos, pessoas que conheço que me magoam, seja no mundo real ou virtual, aplico esta Filosofia.
Não é a primeira vez faço isso. Nem sempre a Internet proporciona coisas boas, como conhecimento, divertimento, lazer, grandes e verdadeiros amigos. Ela também oferece pessoas que podem te magoar profundamente. Infelizmente já enfrentei este problema. Encontrei pessoas alegres e aparentemente de bem com a vida, mas com o tempo se revelavam deprimidas e com baixa auto-estima. Muitas vezes desabafavam comigo, pois gosto de ouvir e ajudar amigos que sofrem. Mas com o tempo, fui percebendo que isso estava me prejudicando. Mesmo que você não queira, também acaba assimilando a tristeza e dor das pessoas que você tentou ajudar. Isso sem falar de outros sentimentos recebidos por você, como a raiva e a agressividade.
Perdi um pouco minha paz de espírito. Fiquei um tempo longe da Internet, com medo de encontrar outras pessoas assim novamente. Foi mesmo um período muito difícil pra mim, aquela época. Apaguei todos meus espaços virtuais, com o Twitter e Orkut. Depois de certo tempo pude retornar, meio que ressabiada. Mas isso ficou no passado. Hoje tento não me envolver mais numa amizade com pessoas problemáticas. Sei o quanto isto me machucou.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Ontem e Hoje

ONTEM E HOJE

Ontem nós dois,
Hoje sozinha.
Ontem nossas bocas,
Hoje só a minha.
Ontem a alegria,
Hoje a tristeza.
Ontem o amor,
Hoje a incerteza.
Ontem a fantasia,
Hoje a realidade, que ontem tinha a tua presença
E hoje só tenho a saudade!

Maria da Penha Carvalho

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Para Nayara


Dizem os astrólogos que o sexto dia foi dedicado a Vênus, o planeta regente dos signos de touro e libra, signos de minha filha e o meu. Por isso, a sexta feira é dada como o dia de sorte das pessoas nascidas nestes signos. Vênus era a deusa do amor dos romanos, equivalente a Afrodite dos gregos e, coincidentemente a Friga dos anglo-saxões; pelo que os ingleses chamam esse dia de Friday (sexta feira em Inglês).
Eu não tive esta sorte, mas alguém especial pra mim foi abençoada de nascer no dia de hoje, há exatos 17 anos atrás. Naquela tarde de sexta, dei à luz a uma princesinha, minha filha Nayara. Ela já chegou ao mundo chorando a pleno pulmões. Amei aquela pessoinha assim que botei os olhos nela. Redondinha, pele bem rosada e com quase quatro quilos. Seu choro foi contido quando o médico me deu para segurá-la. Foi algo muito mágico. Mãe e filha unidas pela primeira vez após nove meses de espera. Abracei-a por alguns minutos, sentindo aquele pequeno ser soluçar baixinho, mais tranqüila, parecia que ela me reconhecera, mesmo estando do lado de fora, deitada sobre meu corpo. Mais tarde ela me foi trazida para ser amamentada no quarto. Como aqueles dias foram especiais pra mim.
Mas a vida sempre se encarrega de trazer as mudanças necessárias pra nós. A Nayara cresceu, é uma bela menina, altiva, inteligente, e muito decidida como o que deseja e quer. Deixou de ser aquela bebezinha que corria atrás de mim para um momento de carinho, de abraços, de tocar meu rosto com suas mãozinhas. De adormecer comigo aconchegada em meu peito. Momentos assim a gente nunca esquece.
Hoje e no futuro, estes momentos irão gradativamente ser substituídos por outros. A expectativa de torcer por ela para passar no vestibular este ano, por exemplo. Momentos como formatura, primeiro emprego, casamento, filhos. E outros que com certeza ela terá que enfrentar, comigo, com o pai ou sozinha, o que é mais provável, devido ao seu estilo independente de ser. Estilo que herdou do meu pai, um homem excepcional pra mim.
Parabéns pelo seu aniversário, filha. Cada vez mais eu amo você. E sempre guardarei este sentimento dentro de mim. Para sempre.

quinta-feira, 13 de maio de 2010


Corra riscos

"Rir é correr risco de parecer tolo.
Chorar é correr o risco de parecer sentimental.
Estender a mão é correr o risco de se envolver.
Expor seus sentimentos é correr o risco de mostrar seu verdadeiro eu.
Defender seus sonhos e idéias diante da multidão
é correr o risco de perder as pessoas.
Amar é correr o risco de não ser correspondido.
Viver é correr o risco de morrer.
Confiar é correr o risco de se decepcionar.
Tentar é correr o risco de fracassar.
Mas os riscos devem ser corridos,
porque o maior perigo é não arriscar nada.
Há pessoas que não correm nenhum risco,
não fazem nada, não têm nada e não são nada.
Elas podem até evitar sofrimentos e desilusões,
mas elas não conseguem nada, não sentem nada,
não mudam, não crescem, não amam, não vivem.
Acorrentadas por suas atitudes,
elas viram escravas, privam-se de sua liberdade.
Somente a pessoa que corre riscos é livre!"

Seneca (orador romano)
DIA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

Como o mês de maio é dedicado à mulher, destaco o dia de hoje para homenagear Maria, mãe de Jesus e nossa mãe espiritual. No dia 13 de maio é comemorado a Festa de Nossa Senhora de Fátima. Em 1917, a Virgem Maria apareceu para três pequenos pastores, Lucia, Jacinta e Francisco em Portugal. Maria marcou um encontro com essas crianças todo dia 13, durante seis meses, para realizar as suas aparições em um campo de nome Cova da Iria.
Em 13 de julho, por ocasião da terceira aparição, Nossa Senhora prometeu um milagre para que o povo acreditasse nas três crianças. Mas em 13 de agosto, os três videntes, fechados no cárcere, não puderam ir ao encontro da Virgem de Fátima.
Em 13 de outubro, uma multidão de 70 mil pessoas lotavam o local das aparições e testemunharam o sol mover-se entre chamas multicores, como se fosse se destacar do firmamento. E deixou sua mensagem ao mundo: “Rezem o terço todos os dias; rezem muito e façam sacrifícios pelos pobres pecadores.

ORAÇÃO - Santíssima virgem que nos montes de Fátima vos dignastes a revelar a três humildes pastorinhos os tesouros de graças contidas na prática do vosso Rosário, incuti profundamente em nossa alma o apreço, em que devemos ter esta devoção, para Vos tão querida, a fim de que, meditando os mistérios da nossa Redenção que nela se comemora, nos aproveitemos de seus preciosos frutos e alcancemos a graça, que Vos pedimos nesta oração, se for para maior glória de Deus, honra vossa e proveito de nossas almas. Assim seja.

sexta-feira, 7 de maio de 2010


Recado às Mulheres

Viva intensamente
Ame sem medidas
Abrace seus amigos
Beije seus filhos
Brinque na chuva
Veja o sol nascer na praia
Ande de bicicleta de braços abertos
Caminhe descalça em terra molhada
Sorria pros que não sorriem
Escute calada o amigo que sofre
Busque sempre a melhor solução pros dilemas
Tire da tristeza bons ensinamentos
Vá ao cinema sozinha de vez em quando,
Não há melhor companhia do que nós mesmas.
Aproveite cada instante da melhor maneira que puder
Faça seu momento a dois mais gostoso
Tome uma boa taça de vinho
Cometa pequenos pecados como a gula
Mas depois se penitencie com caminhadas
Passe uma tarde olhando o mar
Faca reuniões anuais com amigas da faculdade
Brinque, agite, viva sempre para ser FELIZ!!!