quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Palavra

Por; Cláudia Costa

Sou escrava  da palavra
Que me incendeia
Preenche
Encanta
Fere
Mata

Da Palavra
Que transborda
Que cabe
Norteia
Agrega
Aprisiona

Sou dona da palavra
Que guardo
Leio ou Ouço

A palavra
Só me dói
Quando me falta.