sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Diz a poesia

Por: Rosamaria Roma


Diz a poesia
Que amar às vezes faz doer.

Eu diria que amar às vezes também faz sorrir.
Sem qualquer motivo aparente.

Amar é somar dias perfeitos.
Conversar sobre os imperfeitos.

Sorrir perante as adversidades.
E dar as mãos para o caminho ser mais fácil.



Ser Feliz!



Ser Feliz!

Ser feliz o que seria...?
Talvez transformar as lágrimas em sorrisos?

De um passado incerto um presente...concreto?
Do futuro um presente que esperamos...
Do nada apenas o sonho de um pouco...
Ser feliz talvez seja...
Fazer do ódio um amor correspondido!
Do amor alguém de verdade que exista!
E com este alguém construir uma vida...
E nessa vida descobrir poder ser feliz...
Não sei se acredito!
Mas sei que o feliz em algum existe...
Talvez em algum lugar ele se esconde..
De medo de que alguém que não mereça o encontre,
E o transforme em um nada que infeliz!
Silvério