quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

O que você tem? Por Sofia Lima



Mesmo que goste de sorrir, hoje o dia me deixou triste. As vezes, o mundo te machuca, te arrasa, te traz mágoas que doem um pouco. E quando isso me acontece, busco conforto em boas leituras. Como o texto transcrito abaixo, postado pela querida Sofia Lima na página "Rosa Com Prosa" do Facebook. O texto reflete exatamente como me sinto agora. Vamos apreciá-lo?

Hoje acordei sentindo uma grande dor no peito. Sentei-me ao pé da cama, coloquei minha mão sobre meu peito, e perguntei ao meu coração: O que você tem? Porque está tão inquieto dentro de mim? Você está doente?
Fiquei uns minutos em silêncio e ai ele me disse: Estou tão triste. Sinto-me tão pequeno. Estou magoado com você! Fiquei sem jeito e perguntei: O que foi que eu te fiz? Ele respondeu: Você sofre tanto com as pessoas, preocupa-se com elas, procura ser prestativo e na maioria das vezes, sempre se decepciona. Você ama e depois sofre e fala que a culpa é minha. Você espera por algo que não vem e fica triste. Aí você chora e dói em mim. 

Preciso de curativos para um coração partido. Curativos que estanquem essa sua tristeza, essa sua mágoa, essa sua solidão. Curativos que absorvam esse sofrimento, essa ferida que não se vê, apenas se sente. Que sejam fortes, e a prova d’água, para que não se estraguem com suas lágrimas. Queria poder colocar você dentro de mim, secar suas lágrimas, te dizer que tudo vai passar e te proteger das decepções da sua vida, afinal você já sofreu tanto que não sei como ainda consigo bater forte em seu peito! 

E que no dia de amanhã este meu coração esteja mais tranqüilo.