sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Peito Aberto



Um coração
Sem compasso
Um peito aberto
Que não sabe o que fazer
Com as flores
Que saem da boca
Nem das mãos vazias
Quando não estás por perto.