quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

De_Vagar


Partindo - me em partes desconexas
Desconheço-me.
Já não sou lebre lépida,
Faceira
Quando espero.
Fiz-me séria quando não queria
Tentei ser quieta quando precisava.
Parti-me.
Desconheço a imagem no espelho
Já não encontro minha alegria.
Enquanto procurava
Perdi-me.
Estilhacei em pedaços disformes
A existência.
Por ser rígida demais nas minhas crenças,
Quebrei-me.
Se, por ventura você me encontrar por aí
Devolva-me.