segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A Volta



Amanheceu. 
É hora de voltar pra casa
Vou agora. Aproveito os raios do sol pra me aquecer
Saio antes que a tristeza desperte-me a vontade de ficar
Caminho sem olhar para trás. 
O que ficou? Vestígios de sensações vazias e sem cor

Hora de voltar pra casa.
E ao chegar, reacender as luzes de cada canto
Abrir as janelas para a escuridão ir embora
Lá fora, um jardim precisa reflorescer
Para que o colorido das flores alegre meus olhos           

Hora de voltar pra casa
E trazer de volta a energia da vida
Do amor
Da harmonia e paz
Para dentro dela.

5 comentários:

Tatiana Kielberman disse...

Preciso dizer que AMO este blog e que ele me traz grandes inspirações sempre?

Por favor, não pare de escrever... seu potencial é gigante e não pode ser jogado ao vento!

Beijos, querida!

Fabio Luis disse...

Olá Silvana,

Meus parabéns pela linda poesia!

Temos que ter boas energias e esperança no futuro para que o nosso amanhecer seja o de um dia de vitórias e conquistas.

Tenha uma ótima semana!

Adorei a sua visita em minha coluna.

Beijos

Nay. =) disse...

Adorei mãe.

A tristeza contida nele o tornou ainda + tocante.

Bjuh =)

T@ty disse...

Brincar a sentimentalida e palavras é como se colocassem vendas nos olhos ,nos deixando prontos pra descobrir novas cores,cheiros e amores.
Palavras são ditas até em silêncio quando apenas tudo o que queremos é escutar as batidas do coração e a beleza do amor nas sensações.

Beijos

Eliane França Pereira disse...

Silvana
Que a sua tarde e noite seja repleto de
Felicidades, ao lado das
pessoas mais queridas...
E que Deus te conserve sempre
assim, tão Especial e Importante na vida
das pessoas q te adora assim como eu.
Amei tudo em seu Blog e que vc tenha muita Paz, amor e Saúde
Beijos no seu ♥