sexta-feira, 5 de novembro de 2010

TEU OLHAR














Ah, esse teu olhar de menino.....
É nesse olhar
Que a vida resolveu ficar
Vida de mistérios e fantasias
Sentimentos e alegrias
No teu olhar
Deixo-me navegar sem medo
É no teu olhar de menino
Que o meu reflexo se esconde
Teu olhar, mesmo em silencio
Fala as palavras exatas que quero ouvir: 
Vem comigo,
Vem que te quero
Vem me amar
Difícil evitar esse teu olhar
Que me chama
Me assanha, arrepia
Teu olhar me delira
E me faz sonhar.
Ah, esse teu olhar......

5 comentários:

Tatiana Kielberman disse...

Querida Sil,

Os olhares dizem muito mais do outro do que sequer podemos imaginar. Eles falam de seus medos, angústias, sonhos, delírios, amores, prazeres...

Mesmo aquilo que não é revelado por palavras, os olhares nos trazem com alegria!

Amei seu poema, digno de aplausos!

Beijos, querida!
Excelente fim de semana!

Suzana Martins disse...

Ai ai.... Olhares de tirar o fôlego!!

Linda adoro as suas palavras!

beijos

Carol disse...

Sil,
O olhar é tudo mesmo!
Somos fisgadas pelo olhar, o olhar é que nos seduz e nos faz amar.
Valeu!!!

Max Psycho disse...

Olhares sempre são cativantes, ah Sil e este seu olhar de menina

Max Psycho disse...

Sil, um ótimo final de semana para ti e para todos que te cercam, bjinhos mils