quarta-feira, 16 de março de 2011

O que as cores querem dizer? - Paulo R. Diesel



Vejo cores se manifestando por onde passo.
Azul, amarelo, vermelho e algumas não identifico bem, será que estou ficando daltônico?
Fico imaginando o que será que elas querem me dizer. Singeleza dos céus, riqueza do ouro, paixões desenfreadas? E este emaranhado que não identifico, parece uma torre de babel em cores, ou será em preto e branco, a confudir a minha mente sem dó nem piedade. Socorro.
A cor forte do branco/verão que deixa tudo claro e límpido através dos raios solares contrastando com os raios e trovões que antecedem as chuvas que alagam as cidades, dará lugar, dentre em pouco, ao cinza sisudo outonal que vai se infiltrando aos poucos, dia após dia, na estações e o ciclo se abrindo e fechando na direção do próximo.
E em seguida, depois que as folhas verdes, todas, se transformarem em marrons e caírem sorrateira e mansamente, sobre os gramados, sobre as calçadas, sobre o telhado das casas e o vento vier e as assoprar para lá e para cá e em redemoinhos frenéticos que se desmancharão bem lá depois da curva, chegará o inverno com suas cores características, ainda um pouco de cinza, o branco do gelo e o colorido dos casacões, blusões, cachecóis, mantas, meias, polainas, dos vinhos, dos chocolates-quentes, dos foundies, mas isto são questões para outras textos sobre os verdaderios sentidos e sentimentos das cores...

7 comentários:

Amapola disse...

Boa tarde,Paulo.

Eu sou fascinada com as cores de tal maneira, que fico um tempão observando-as, como observo as flores. Isso tudo me hipnotiza.

Um grande abraço.
Maria Auxiliadora (Amapola)

RosaMaria disse...

Algumas cores me fascinam!

Laranja me rende, amarelo me ilumina, vermelho me seduz...

Eu sou a própria arco-iris ambulante!

Beijos meus

Sil Villas-Boas disse...

Paulo

Belo texto de estréia aqui no nosso Jardim. Obrigada por juntar-se a nós.
Ah, também sou fascinada por cores.
Bjusss
Sil

Sandra Cajado disse...

As cores...

Ah... as cores e seus sabores e sensações

Que mexem com os nossos sentimentos e emoções.

Reflete a natureza e toda a matiz com beleza.

Parabéns,Paulo!

E vamos celebrar as cores.

Bjs

chica disse...

Adoro cores e as vejo em tudo.

Nas estações do ano elas aparecem claramente,mas me dá arrepios em pensar na chegada do nosso inverno, cheios de casacos, mantas e tuuuuudo mais...

Nele, não há cor que resista.

Apenas as que tivermos dentro de nós...abração,chica

Tatiana Kielberman disse...

Paulo querido,

Parabéns pela estréia aqui no Jardim!!

Lindo texto!

Você é incrível... sem mais!

Beijo grande!!

Loba disse...

sentidos e sentimentos das cores... interessante este enfoque. nunca pensei em cores desta forma, mas lendo seu texto me descobri até pensando em cheiros! texto bom envolve a gente, né?
espaço muito legal este! parabéns pra todos vcs.
beijocas