quarta-feira, 20 de julho de 2011

Quero ser...

                                                   Por: Cláudia Costa

Como a lua cheia que encanta
Como a cerveja que te mata a sede por prazer
Como o dinheiro que te sacia necessidades
Como a gueixa que te visita em sonhos impublicáveis

Quero ser pra ti

O silêncio que diz o necessário
A companheira escolhida pra vida
A amiga confidente das horas recolhidas
Teu suporte, teu norte.

Quero ser

Aquela de quem tens saudade
A voz cuja suavidade tem o dom de te curar a alma
Amenizar feridas

Quero ser

O ópio
A comida
A bebida
O sonho

Quero ser...
- Pra ti -
Simples
Realidade.

7 comentários:

Sil Villas-Boas disse...

Cláudia

Seja sempre você, assim do jeito que és. Sincera e Poeta. Menina guerreira e mulher intensa, a viajar nas linhas e entrelinhas do Viver.
Beijos da amiga ainda meio ausente,
Sil

ROSANA VENTURA disse...

Nossa que doçura de poema...
perfeitas linhas...!
Lindo!
bjosssssssss

RosaMaria disse...

Dizem que somos românticas

Outros dizem que somos sentimentos

Outros até, dizem que somos intensas...

Acho que somos VERDADEIRAS e precisamos persuadir tudo que brota dentro nós.

Lindo poema!

RosaMaria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tatiana Kielberman disse...

Hummm...

Que lindo isso! Poema mais que perfeito!!

Não sei por quê, Cláu, mas quase todos os seus posts me lembram músicas...

Dessa vez, foi inevitável pensar em "Pra Você", da Paulinha Fernandes!

AMEI! Que tudo isso se realize...

Beijo carinhoso!

Michele disse...

Olá querido seguidor,

Comunico que o Blog da Michele mudou de nome e caminho. Com pseudônimo agora:

Michele Santti
http://michelesantti.blogspot.com/

Igualmente o Twitter
@MicheleSantti

e FaceBook
facebook.com/michele.santti

Pastelaria disse...

Olá Claudia

Antes demais ...parabéns pela escrita ! gostei...

Gostaríamos muito que desse uma vista de olhos no projecto DVB, de saber a sua opinião, e qual o interesse em desenvolver o seu trabalho neste novo formato.

\"Transformamos\" os seus trabalhos (já editados em livro, ou não ...), num DVB- Digital Video Book, uma ideia original da Pastelaria Studios Productions

O projecto é recente, é uma inovação, tal como explicamos no nosso blogue:

http://pastelariaestudios.blogspot.com/

É exactamente isso, os seus poemas seriam "transformados" num DVB . Um livro que se vê como um filme ( com menu , extras, biografia, capítulos, etc... )

Não somos uma editora e prestamos essencialmente um serviço criativo.

A minha sugestão seria, enviar-nos os seus \"registos\", e nós faremos um orçamento.

Posso adiantar que, por ser um projecto novo e, embora o trabalho criativo (audio, voz, imagem, construção do DVB, etc) seja bastante, queremos chegar ao maior número de autores de obras escritas, mesmo que essas estejam (ainda...) na gaveta .

Realizamos e produzimos, também , Audio Books

Fico a aguardar uma resposta e, qualquer dúvida… estamos por aqui.

A sua opinião é muito importante para nós, pois só assim conseguiremos crescer e melhorar sempre ! e.... porque não, arriscar ?!

Sem compromisso,-----------------escolha um dos seus poemas ou textos … e nós realizamos uma pequena amostra do nosso trabalho, é um presente nosso …para si ….

Um grande abraço desde aqui

Teresa Maria Queiroz

pastelariaestudios@gmail.com

podem seguir o que vou escrevendo em...
http://continuandoasim.blogspot.com/
OBrigada ! :))