domingo, 23 de outubro de 2011

Domingo em Família

Como o domingo é considerado dia de reunir a família, o Blog Jardim dos Girassóis traz a participação especial de Stephem Beltrão, irmão do Francisco Diniz, um dos autores deste recanto poético. Apreciem sem moderação os posts 'Poema da Compreensão' e 'Minha Casa'.

Poema da Compreensão
Hoje sou Homem, mas já fui Pó.
Pó misturado com Ar.
Bem antes de ser Pó e Ar fui Terra
Então sou Terra, Pó, Água e Ar.

Hoje sou Gente, mas já fui Bicho. 
Certa época, muito distante, fui Peixe. Agora sou Matéria, mas já fui Energia. Fui Espírito, hoje sou Espírito e Corpo. Corpo de Carbono, Nitrogênio, Hidrogênio, Oxigênio... Sou ferro e sou Pedra.

No início dos tempos, meu antepassado, Adão, doou uma Costela para Eva nascer.
Eva comeu a Maçã e iniciou a Civilização, nasci da barriga da mulher. Já fui Fruta, vim da Árvore. Quando morrer, vou virar Estrume. Alimentar os Bichos e as Árvores.

VOLTAREI A SER PÓ, TERRA, PEDRA, FERRO, ESPÍRITO, MATÉRIA, ENERGIA, AR, ÁGUA, ÁRVORE E FRUTA.
Meu Deus, dá-me a sabedoria da compreensão. Eu que vim do pó e ao pó voltarei!




Minha Casa

Minha casa é minha vida
Tem entrada e tem saída
Todas estrelas do céu
Estão dentro de minha casa

Minha casa é minha cara
Tem amor e tem saudade
Todas dores do mundo
Moram dentro da minha casa

Minha casa é minha rua
Tem varanda e tem fachada
Todas as pedras do mundo
Estão na minha casa

Minha casa é meu sonho
De uma noite bem sonhada
Toda terra da montanha
Estão no chão da minha casa

Minha casa é o meu rio
Lava o rosto e lava a alma
A água que corre no rio
Passa perto de minha casa

Stephem Beltrão

3 comentários:

Van disse...

Oi Sil

Muito boa essa reunião de família.

A compreensão que o Stephem descreve no poema é dádiva dos sábios, quem já a prendeu o que ele diz, sabe tudo!

A casa é delicioso, lembra nossa casa,que guarda e abriga tanta coisa.

Parabéns! Gostei muito Stephem!

Beijos Sil!

Luna Sanchez disse...

Que gostoso!

Meu domingo teve esse clima familiar, foi ótimo!

Um beijo, querida Sil.

Fernanda disse...

Minha casa é meu paraíso particular!