quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Palavra

Por; Cláudia Costa

Sou escrava  da palavra
Que me incendeia
Preenche
Encanta
Fere
Mata

Da Palavra
Que transborda
Que cabe
Norteia
Agrega
Aprisiona

Sou dona da palavra
Que guardo
Leio ou Ouço

A palavra
Só me dói
Quando me falta. 

10 comentários:

Sil Villas-Boas disse...

Bom dia Cláudia

A palavra nunca te faltará. Ela já faz parte de tua essência poética.
Nunca deixe de plantá-las aqui no Jardim.
Bjusss
Sil

Universo Paralelo disse...

Bom dia! Ainda bem que num coração de poeta as palavras nunca faltam, lindo poema, beijos

Luna Sanchez disse...

A palavra é uma bênção, não tenho dúvidas.

Um beijo.

Cláudia Costa disse...

Obrigada meninas.

Sil, minha linda, é um prazer imenso figurar aqui, como mais um dos seus encantadores girassóis. Enquanto a palavra me visitar, aqui estarei.

Obrigada pelo seu carinho assíduo.

Bjs gratos,

Cláudia

Tatiana Kielberman disse...

Me permite discordar?

Você não é escrava das palavras... Elas é que servirão sempre a esse coração grandioso, autêntico e fiel ao que pensa e sonha!!

Lindo poema! Que o dom de escrever sempre te habite, amiga querida... Aliás, não tenho dúvidas de que irá habitar!

Beijo enorme!!

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Que BELEZA!
Que a palavra venha farta...sempre, para nos nutrir de prosas e versos
como os que aqui encontrei...
Instalei-me hoje e vou voltar,Cláudia.
Um beijo
Lúcia

SIMONE PRADO disse...

Bom, tem momentos que gestos dizem mais do que palavras, mas digamos que seja um outro tipo de falar. Mas o que falta em relacionamentos hoje em dia que acabam em separação é a falta de diálogo. Muitas pessoas acham, que podem passar o dia mal se falando e a noite querem fazer sexo. Isso é terrível, seria homem objeto, pois o companheirismo, o conhecimento um do outro está baseado em palavras. Bjos

Rabisco disse...

As palavras são mesmo tudo o que nos resta, mesmo quando tudo o resto nos falta.

Para mim, são um quase tudo!

Bjs

http://www.rabiscosincertossaltoemceuaberto.blogspot.com/

Rosi Alves... disse...

Nossa eu amei mais que amor...Amei fico por aqui seguindo-te e lendo tudo com calma!

Max Psycho disse...

Palavras não são más
Palavras não são quentes
Palavras são iguais
Sendo diferentes
Palavras não são frias
Palavras não são boas
Os números pra os dias
E os nomes pra as pessoas
Palavra eu preciso
Preciso com urgência
Palavras que se usem
em caso de emergência
Dizer o que se sente
Cumprir uma sentença
Palavras que se diz
Se diz e não se pensa
Palavras não têm cor
Palavras não têm culpa
Palavras de amor
Pra pedir desculpas
Palavras doentias
Páginas rasgadas
Palavras não se curam
Certas ou erradas
Palavras são sombras
As sombras viram jogos
Palavras pra brincar
Brinquedos quebram logo
Palavras pra esquecer
Versos que repito
Palavras pra dizer
De novo o que foi dito
Todas as folhas em branco
Todos os livros fechados
Tudo com todas as letras
Nada de novo debaixo do sol