sábado, 30 de março de 2013

ALVORADA EM RENASCER, por João Maria Ludugero


Eu choro, de alegria.
Eu canto minha dor, com devoção.
Eu curto o amor, dentro da paixão.
Eu renasço ao me renovar em esperanças.
Eu convivo com Fé desde o coração. 
Estou aberto a celebrar a vida!
Eu acredito no poder dentro e alto.
Eu sou assim, guerreiro da paz, um ser de luz,
apesar das penumbras que tendem em cair.
Sou guerreiro iluminado de amor e alvorada.
De coração aceso e atento ao tempo do renascimento.
Sou filho do Criador das boas novas, 
sou um ser abençoado,
Dou graças a DEUS!
ALVORADA
www.ludugero.blogspot.com
Eu choro, de alegria.
Eu canto minha dor, com devoção.
Eu curto o amor, dentro da paixão.
Eu renasço ao me renovar em esperanças.
Eu convivo com Fé desde o coração. 
Estou aberto a celebrar a vida!
Eu acredito no poder dentro e alto.
Eu sou assim, guerreiro da paz, um ser de luz,
apesar das penumbras que tendem em cair.
Sou guerreiro iluminado de amor e alvorada.
De coração aceso e atento ao tempo do renascimento.
Sou filho do Criador das boas novas, sou um ser abençoado.
Dou graças a DEUS!

Um comentário:

Só pra você disse...

Simplesmente lindo. Que Deus te abençoe querido amigo.

Abraços.

Auxiliadora RS