sábado, 12 de outubro de 2013

O MENINO LUDUGERO, por João Maria Ludugero

Oh, menino, 
Meu bem-te-vizinho,
Te vi cantar afoito
Nas soltas regalias
Do contentamento
Dia-após-dia,
Te vi dormir 
De mansinho. 
Vi, nesse mesmo dia, 
Teus sonhos acordados 
Dentro de ti, arteiro,
Com a alma colorida 
De um Ludugero-passarinho.

Um comentário:

Severa Cabral(escritora) disse...

BOA NOITE !!!!!
A CRIANÇA QUE EXISTE EM MIM SAÚDA A CRIANÇA QUE EXISTE DENTRO DE VOCÊ...
FELIZ DIA DAS CRIANÇAS !!!!!!