sexta-feira, 29 de novembro de 2013

AGORA, JÁ! por João Maria Ludugero

AGORA, JÁ!
João Maria Ludugero.

Não só de manjar
Eu passo a cubar as horas da lida.
O agora vive me presenteando 
Com momentos tão bonitos...
Em dádivas e tantas regalias,
Eu só tenho a agradecer
Eu já não quero saber 
Do que não foi, 
Nem do que vai ser.

Vivo só as horas que são!

Nenhum comentário: