quinta-feira, 15 de maio de 2014

EU-COLIBRI, por João Maria Ludugero

EU-COLIBRI,
por João Maria Ludugero

Eu sou beija-flor
Pássaro astuto
Tão espairecido
Tão forte e leve
Leva em seu bico
A essência primaz
Da vida em flor
Em forma de alma
Em ação de cor firme,
Iridescente e plena
Enfeita um amor em paz
Reverdecida mente
Pássaro bonito
Tão destemido
Tão cândido e esperto
Tão singelo em tela
Dentro e alto
Da tarde amena
Que serena me nina
Em breve compostura
Não quer para a vida
Sustentar farelos
Semeando a lida
Amortece cores
Enaltece amores
Certamente
Lusco-ofuscado
Não lhe apetece viver
Feito sanhaço só
A esvoaçar a dor.

De sentinela..

Nenhum comentário: