domingo, 13 de julho de 2014

VÁRZEA-RN EM FOGÃO À LENHA, por João Maria Ludugero


VÁRZEA-RN EM FOGÃO À LENHA,
por João Maria Ludugero

Vem tudo de quina pra cozinha.
Como se de dentro da casa se traçasse um roteiro
e um telhado se abrisse do céu de São Pedro apóstolo
e as pedras de lajedos todas se atirassem, uma a uma;
como se do centro, levantadas, num arrimo
todas rochas se emparedassem em cimento…

E, bem no cerne da crista de um fogão – tudo
de repente se inclina, tudo arde sem alvoroço
nesta fogão-à-lenha aceso na lida sem alarde
com uma bagatela de cascas-de-laranja-pera



a se dependurar no teto a esfumaçar a tarde.

Nenhum comentário: