quarta-feira, 18 de maio de 2011

Sendo

Por: Cristian Steiner



Eu poderia ser sincero,
E não ser tão arrogante,
Direto
No mesmo instante que sutil,
Ao menos fosse claro
Não sendo tão concreto.

Eu poderia ser instável,
E ainda não deixar a desejar
Não esquecer de mim,
Nem de você
E de toda essa história.

Eu poderia ser direto,
Claro e objetivo.
Eu poderia até ser você.
Eu poderia ser eu.
Eu poderia ser qualquer coisa
Que não fosse o que nunca fui.

Poderia também
Alcançar objetivos
Passar por cima dos valores
Pisar nos bons adjetivos
E anestesiar minhas dores.

Teria muito trabalho pra definir.
Poderia mesmo ser tudo isso.
Poderia ser nada disso.

Cristian Steiner

7 comentários:

Sil Villas-Boas disse...

Lindo Cris

Amei teus versos. Tenha um ótimo dia.
Bjusss
Sil

paulo disse...

Unindo a música aos teus versos se viaja.
Também poderíamos...

Abraço

Cláudia Costa disse...

Seja da forma que for...importante mesmo é continuar Sendo.

Bom de ler!

ROSANA VENTURA disse...

...Qdo sou sincera, as pessoa sempre acham que sou arrogante...
Nossa, me identifiquei demais com teu linooooo poema!
bjosssssss

Michelle Crístal disse...

Te achei pelo blog do Jorge! Amei seu perfil! Sou o que sou e não esperam que eu seja além do que apareça!!! Sigo-te

RosaMaria disse...

Eu poderia... Mas não quero!

Adoro seus versos.

Se cuida moço, beijos

Tatiana Kielberman disse...

Muito bom, Cristian!!

Poder é bem diferente de querer...

Beijo grande!