quinta-feira, 16 de junho de 2011

Noturna














Por: Sil Villas-Boas 

Amanheço com o espírito penetrante
em universos alheios.
Entardeço com a alma enfraquecida,
pelas dores assimiladas das vestes da tristeza.
E na volta pra casa, anoiteço.
Desisto de combater os vazios.
Deixo a desordem irromper em instantes solitários.
A janela molhada....
Apenas um reflexo de uma face seca, sem lua
A boca está muda
E a pele, nua
Das verdades que antes cultuava
E ao final...
Adormeço dos meus sons habituais
Dos meus silêncios.
Das minhas cores que se apagam
Lentamente
Vagarosamente
Sem pressa....

Escorrem-se por entre a escuridão
De um mar noturno 

6 comentários:

Tatiana Kielberman disse...

Sil, querida...

Desde que as noites cheguem para abrandar sua alma, de modo que você acorde ainda mais feliz... está tudo certo!

Lindos versos!

Beijo grande!!

paulo disse...

Semear à noite, na escuridão, mas à luz de uma lua linda, eclipsada, dá nisto.
Colhe-se frutos lindos e externa-se pensares que pensava-se estarem adormecidos lá nas profundezas.
è só cavar que eles aparecem, Sil.

Belo poema.

João Ludugero disse...

Nem a lua eclipsada esconde o brilho de quem traz esse lume no peito. E não poderia ser diferente: jorra uma chuva a pratear o mar que se alastra luminoso à mente encantada.
E, assim, resplandece o Amor que está dentro. E são tantos os sóis
E são tantas as luas... que não há como se extasiar em meio a tanto esplendor! E aí nem se percebe se é noite ou dia, porque, até de olhos fechados, pode ver a boreal aurora em cores nítidas, da sua janela.
Querida Amiga, Sil tenhas um ótimo fds!
Abraços,
João Ludugero, poeta.

RosaMaria disse...

Coração humano é feito para o afeto.

Quer a gente consiga viver ou não esse chamado.

Lindos versos...
Pelo jeito o tal do "bichinho" do amor, pegou você também rs...

Te adoro dona Sil!

Beijos

Cláudia Costa disse...

Sabia que eu tinha que ler esse post!!

Sil, adorei esses versos, as nuances todas...cada metáfora...sou tão amante de metáforas. Admiro os que sabem utilizá-las com essa maestria.

Tão lindo...

Me apaixonei pelo seu escrito.

Estou aproveitando pra levar o Jardim, pro meu In_Versos.

Bjs carinhosos.

Cláudia Costa disse...

Sabia que eu tinha que ler esse post!!

Sil, adorei esses versos, as nuances todas...cada metáfora...sou tão amante de metáforas. Admiro os que sabem utilizá-las com essa maestria.

Tão lindo...

Me apaixonei pelo seu escrito.

Estou aproveitando pra levar o Jardim, pro meu In_Versos.

Bjs carinhosos.