quinta-feira, 28 de julho de 2011

Sinto que você se afasta...


http://www.fengshuinatural.com/Imagenes/Lirever.jpg

"Sinto que você se afasta...

...demostrado por sua frieza e indiferênça.
já não existe os olhares de amor de ontem,
nem os beijos que selavam a paixão existente.
E nesta prova tão clara e lancinante
já posso prever seu desaparecer pra sempre!
digo-te adeus como um adolescente,
ainda tropeçando de ternura por ti.
Entre soluços dos choros contidos...
dos meus olhos tristonhos,saem lágrimas
que escorrem,em direção a m'alma!


Sidarta

3 comentários:

Sil Villas-Boas disse...

Sidarta

Lindo poema a perfumar levemente o nosso Jardim dos Girassóis. Parabéns pelos versos.
Beijos
Silvana

silvioafonso disse...

.


Eu tenho um selo com a minha
cara no lado esquerdo, no alto de
minha página e adoraria que você o
pegasse e o colocasse no seu BLOG.

Beijos de agradecimento.

silvioafonso





.

Tatiana Kielberman disse...

Olá, Sidarta!

Que lindo texto e desabafo... Alguns afastamentos trazem grande dor, mesmo, né?

Não há muito como conter, apenas esperar até que a paz renasça no coração...

Amei!

Beijos!!