sexta-feira, 11 de novembro de 2011

FASCÍNIO - João Ludugero


(Texto inspirado ao ler "Pequenos Prazeres" , 
da Amiga Sil Villas-Boas, a quem dedico este meu poema) 

Mesmo agora longe do teu abraço,
Ainda assim me sustento, 
Nele me asseguro, sinto firmeza,  
Desamarro nos teus laços meus temores.
Apanho-me, atrevido ao arrebatamento.
E assim, sem tirar os pés do chão, 
Viajo dentro do alto, horizonteio-me,
Dedico-me a contemplar essas coisas
Que me completam e me dão prazer:
Sinto-me livre, leve e solto ao beber 

No céu da tua boca de suaves licores,
Sinto o beijo da brisa 

Que passa por mim, e fica
Como chuviscos a cair 

Cheios do céu, de súbito,
A desnudar meu corpo 

Vestido de contente,
Sinto-me a andar com asas, e consigo, 
Piso descalço na areia morna do rio,
Ardente, agarro o sol com a mão  
Num belo fim de tarde 
Que alaranja o céu...
Sim, a essas coisas pequeninas dou cabimento,
Pois elas caem como chuva com sol radiante
A me ninar em cores fascinantes,
A banhar minha alma de enorme paz!

6 comentários:

Sil Villas-Boas disse...

João
Adorei seu poema. Como tudo o que você sempre escreve: maravilhoso demais. Obrigada pelo oferecimento.
Bjusss
Sil

RosaMaria disse...

Sil e João, grande prazer ler as linhas de vocês.

Deixamos tanto por dizer, a espera o melhor momento, e este, tantas vezes nunca chega.

Um beijo doce.
Bom fds.

ROSANA VENTURA disse...

Nossa Sil, que coisa mais linda.
Este texto me fez tão bem....
bjossssssss

João Ludugero disse...

Obrigado amigas Sil, RosaMaria e Rosana, pelo carinho e pelas palavras de estímulo e aconchego. É bom está aqui. Uma ótima semana para todos nós! Saúde e alegrias duradouras.
Beijos,
João.

Tatiana Kielberman disse...

Quanta profundidade... Quanta sensibilidade... Quanto TUDO!

João, nem sempre comento seus posts, mas saibam que eles me fazem enorme bem e despertam grande admiração!!

Sei que sua fonte inspiradora foi belíssima também, mas o produto final está inconfundível!

Beijos, parabéns!

João Ludugero disse...

Muito obrigado Tati, pelo primoroso comentário... Você é uma grande criatura, que ADORO, e sinto falta dos seus comentários sempre bem vindos e iluminados. Apareça e deixe suas palavras, seu carinho. Tenha ótimo feriado e alegrias bem duradouras. Você merece! Hiper mega abraço. É bom ter você por perto, mesmo que virtualmente. Bjs.
João Ludugero, poeta.
Tati, visite meu blog: www.ludugero.blogspot.com - se gostar e quiser me adicionar, vou gostar de ter seus coments. Até mais!