quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

ALTER EGO, AMOR/TECIDO NO OLHO DA BOCA, por João Maria Ludugero


ALTER EGO, AMOR/TECIDO NO OLHO DA BOCA,
por João Maria Ludugero.

Só de manjar
Ou cubar a lida,
Afronta-se que tal
Máscara consentida
Não tapa a cara, 
Mas cobre a alma surreal
Escancarada ao tempo,
Esconde e revela. 
Finge, mas sente,
Mesmo se for além
Do portal do ego
No papel de amante
A amor/tecer/a/dor,
Desmascarada/mente!

Nenhum comentário: