segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

ALÉM DA LIMONADA, por João Maria Ludugero

ALÉM DA LIMONADA,
por João Maria Ludugero

Teu aroma envolvente só me deixa
Zonzo, louco, ávido e dependente
Envolto em pensamentos além de afoitos 
Duvidosos, maliciosos, quem sabe até inocentes
O teu cheiro em lumes, 
Teu perfume de limão
Que me eleva ao céu 
Dentro e alto em tua boca esplêndida.

A tua língua me percorre e sente
Inebriada no meu corpo quente,
Mistura de cheiros, gostos e ideias
Afrodisíaco...que não me deixa à míngua,
Ao bem-querer estar em delícias ardentes
Ao entrar neste teu cheiro de limão 
Que me incendeia por inteiro,
Amor tecido de amante a amador,
Entretido em ácido pra lá de reluzente!

Nenhum comentário: