terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

OÁSIS DO INTERIOR, por João Maria Ludugero


OÁSIS DO INTERIOR,
por João Maria Ludugero

Segue teu destino, 
Ache outras bermas,
Rega tuas plantas, 
Ama as tuas rosas,
Colore a tua alma.
O resto é sombra de árvores alheias..... 
Vê de longe a vida, a contento.
Nunca a interrogues com afinco.
Ela nada pode dizer-te em resenha.
A resposta se acha no interior, além da sede!

Nenhum comentário: