segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

E por Falar em Saudades....

Por Sil Villas-Boas

Ao ler um post de uma amiga sobre Saudade, rapidamente vislumbrei a imagem de duas pessoas especiais na minha vida. Duas pequenas e grandes mulheres que conheço e conheci aqui no mundo virtual, mas que souberam fazer uma grande diferença em minha vida. 
Minha primeira saudade é de minha primeira amiga virtual Helinha, mas 'batizada' por mim de "Flor". Ela anda um pouco afastada na Net. E aí a saudade dela se faz constante, não só em mim, como também nos outros amigos e amigas que ela acarinhou nesta vida. Todas as pessoas que conhecem a Helinha andam saudosos e um pouco tristes sem as palavras alegres, cativantes e de apoio que ela sempre reparte com os amigos. Todos sentem falta dos seus poemas e pensamentos iluminados, que só ela sabe expressar de maneira especial. Sinto muitas saudades de você Helinha-Flor. Volta logo pro nosso convívio virtual. Eu e todos aqueles que você soube cativar precisam de tua presença aqui.


A minha segunda saudade vai um pouco mais longe e é mais intensa, pois a Tatiana Monteiro (Tatinha) foi morar nas Estrelas e nos Jardins de Girassóis lá do infinito. Logo após sua viagem, sementeei este jardim aqui e nome escolhido se deu à paixão dela por girassóis. Apesar de quase um ano sem ela, a Tatiana soube extrair de mim a paixão ínterior de escrever sentimentos, verdades, de descrever os momentos em que me visto de cores azuis, vermelhas e amarelas. Foi através dela (que era uma poeta singular) que enveredei nos caminhos diversos dos versos e rimas, expressos nos Blogs que participei e nos Sites em que fui convidada para desenvolver minha iniciante expressão literária.

Foto símbolo da Tatiana Monteiro. 
A saudade da Tati dói de vez em quando, mas aí vejo os girassóis que sempre se voltam em direção ao sol para florescer e expresso esta saudade em palavras e sensações oriundas do meu coração direto para o meu Blog.      

6 comentários:

Tatiana Kielberman disse...

Querida Sil,

Você citou duas saudades que são presentes em meu coração também!

Seja por quem partiu ou por quem simplesmente está distante, o coração sempre fica um pouquinho apertado... né?

Beijos, adoro você!

Fernanda disse...

"A saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar."
Rubem Alves

Lindo texto, viu?

Tem um texto lá no meu Pote que não é meu e é antigo, mas muito bom. Se quiser passar lá, fique à vontade.

Bjssss

Sandra Cajado disse...

Querida sil,

Saudades das duas de formas bem diferentes,afinal não dá pra deixar de associar a Amora com a Tati que é o nosso girassl eterno.

Lindo mesmo o seu post.

As duas são muito especiais,aliás,as três né?

Afinal de contas uma homenagem dessas é tão sensivel e lindamente exposta aqui no seu cantinho que é um jardim de muitos girassóis.

As sementes a cada dia se espalham e se tornam lindas flores.

Um beijo.

Guará Matos disse...

Lembrei-me:

ONDE ANDA VOCÊ

Composição: Toquinho / Vinicius de Moraes / Hermano Silva

E por falar em saudade onde anda você
Onde andam seus olhos que a gente não vê
Onde anda esse corpo
Que me deixou louco de tanto prazer
E por falar em beleza onde anda a canção
Que se ouvia na noite dos bares de então
Onde a gente ficava,onde a gente se amava
Em total solidão
Hoje eu saio na noite vazia
Numa boemia sem razão de ser
Na rotina dos bares,que apesar dos pesares,
Me trazem você
E por falar em paixão, em razão de viver,
Você bem que podia me aparecer
Nesses mesmos lugar, na noite, nos bares
A onde anda você?

Bjs.

RosaMaria disse...

Oi Sil...

Eu sinto saudades do que vivi

Eu sinto saudades do que não vivi

Dos momentos que fui feliz
Dos momentos que me recuso a esquecer

Eu sinto saudades
E gosto muito desse sentimento!

Beijos
Amodoro vc!!

Suzana Martins disse...

Das saudades que pulsam em nós!!!

Beijos linda