domingo, 1 de maio de 2011

L E I A - M E

Por: Sil Villas-Boas

   Venha me ler

Posso?

Pode sim.....

Quer?

Sim

Abra-se para mim

Diga o que sentes, o que gosta

Deixe-me abrir com minhas mãos o teu livro.

E eu queria era ler os teus medos...

Soprar teus anseios...

Te liberar

Mas tenho muito medo...

De te arranhar a alma, 

E você sentir dor....


Leve é a mente de quem ama...
Ou se deixa amar.

9 comentários:

Tatiana Kielberman disse...

Ah, Sil querida!

Que coisa mais linda esse seu "convite à leitura"!

Dá vontade de abrir o livro, tocar as letras com as mãos e sentir o cheiro do papel, folha por folha...

Simplesmente amei! É claro que desvendar certos mistérios causa dor e até ferimentos, mas tudo é válido para desnudar a alma da pessoa amada!

Perfeito, arrasando cada vez mais!

Um beijo enorme e parabéns!

Marilia disse...

"Leve é a alma de quem ama"

E amar é tão bom... mesmo com alguns arranhões a gente ama ainda....

LINDO, doce Sil!!!

Fernanda disse...

Lindo, Sil!

Guará Matos disse...

A dor do prazer eénada mais que muito prazer.

Bjs.

The Well disse...

Prima a leveza que afunda e toca a alma.

Parabéns!

Xêro!!

RosaMaria disse...

O texto, a imagem que coisa mais perfeita!

Lindo Sil

ótima semana, beijão

João Ludugero disse...

CARA AMIGA SIL,
Cada dia mais você nos surpreende com sua poesia que nos faz voar, de pé no chão. É de um encantamento ímpar seu poema-convite à leitura. Realmente toca fundo na alma de quem sabe amar. Você bem sabe disso. Amei de paixão seu poema. Tenha um dia ensolarado, engirassolarado, assim como deve ser sua alma. Obrigado por você existir! Mega abraço,
Ótimo fds!
João Ludugero,
Cada dia mais seu fã.

paulo disse...

Abrir-se e expor todas as páginas deste imenso livro de capas nem tão grossas é delicioso e tu nos brindastes com isto.
Que belo poema, Sil

Abraço.

Sil Villas-Boas disse...

Boa noite amigos queridos.

Feliz me sinto em merecer cada palavra expressada de todos vocês nestes comentários. Faço versos que nascem na minha alma e que expressam sentimentos e sensações das minhas observações da vida. Agradeço cada marca deixada aqui por vocês.
Bjusss grandes em todos.
Sil