quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Entre ruínas e retornos

Por: Cláudia Costa


As vezes nosso mundo despenca
Se desfaz completamente
E a gente
Enlouquece, entristece, adoece

Daí vem a vida
Essa insana travessa
Sai colocando a nossa volta
Pequenas coisas imensas
Em outras formas.

Quando finalmente
A gente consegue
Olhar novamente pros lados
Não entende nada...

O mundo ruiu,
Quebrou
E se transformou 
Nesse desconhecido
Onde você não se sente inserido
Não se reconhece.

Esquece!

Deixa de lado o passado
E abraça
Esse gigante inusitado
Que te espera.

Acredite...

É a sua melhor oferta.

11 comentários:

Sil Villas-Boas disse...

Bom dia Cláudia.

Uma das coisas que mais gosto de fazer é ler, apreciar e comentar seus posts antes que amanheça o dia. Suas idéias e pensamentos deixam-me de alma leve.
Boa quarta pra ti.
Bjusss, Sil.

Universo Paralelo disse...

Deixar de lado o passado é o melhor remédio para reerguermos sem medo do que virá, lino poema, beijos e bom dia!

Max Psycho disse...

Sil, muito boas sas escolhas de postagens em seu blog

João Ludugero disse...

Belíssimo texto!
Vamos em frente pois a fila anda, e como anda, trazendo-nos a certeza de que melhores dias virão!
Lindo post. Adorei!
Hiper abraço,
João Ludugero.
Até mais!

Sonhadora disse...

Minha querida

Adoro ler-te, os teus poemas são escritos de dentro da alma...fortes e profundos.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Daíse disse...

Amo girassóis, por isso teu blog me chamou tanto a atenção!!!1
Lindo, lindo, lindo !!!!
Bjos!!!

Voltarei sempre!!!

SOYPKS disse...

En este mes te deseo mucho amor
Y abundante paz muy dentro de tu corazón.
Te desea tu amiga de Venezuela.
(¯`v´¯)
`•.¸.•´
¸.•´¸.•´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•´ .•´¸¸.•´¯`•-> ♥Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ SOYPKS Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ♥

RosaMaria disse...

E vem a vida, te vira do avesso e você descobre que o avesso é o lado certo.

(não lembro de quem é a frase, mas é perfeita para esses momentos de transformações absolutas)

Um beijo pras duas.

Olho no olho disse...

Absolutamente lindo!
Um abraço,
Francisco Diniz.

Olho no olho disse...

Absolutamente lindo!
Um abraço,
Francisco Diniz.

Tatiana Kielberman disse...

E quando a gente olha para o "gigante", nem consegue tentar imaginar como seria a vida se ele não tivesse aparecido!!

Diante disso, valem a pena as lágrimas derramadas, as dores compartilhadas e tudo mais que estreita os laços com quem realmente vale a pena...

E isso, de maneira alguma, é pouco! É a nossa melhor oferta, como você diz...!

Prefiro os recomeços, mesmo precisando passar pelas ruínas antes de chegar até eles!!

Poema perfeito e tradutor de mim...

Beijos, amo você!