terça-feira, 7 de janeiro de 2014

SOU UM POETA AO AVANÇO DO SOL, por João Maria Ludugero

SOU UM POETA AO AVANÇO DO SOL,
por João Maria Ludugero.

Existo como sou, e me vou 
Horizonte além dos solavancos.
Isso é o que me basta: voar! ir com o avanço do sol,
Depois de tantas luas pela vida a correr dentro e alto...
Se ninguém mais no mundo toma conhecimento, 
Eu me sinto contente a sobrevoar solto na lida; 
E se cada um de todos toma conhecimento,
Eu contente me sinto, espairecido, consentido,
Sem a pecha de apenas querer ser cabotino.

Nenhum comentário: